Grigoris

Moderators: The Madame X, lady_sequanna

Grigoris

Postby The Madame X » Mon Mar 09, 2009 7:30 am

Grigoris: raça de seres espirituais que guardam os portais de entrada e de sáida da dimensão física.

Por de Pietra Di Chiaro Luna


Encontrado na Stregaria e comum para várias tradições wiccanas, são o conceito dos Guardiões, que são vistos de forma diferente pelos vários sistemas mágikos. Vamos ver neste capítulo o conceito mais antigo dos Guardiões, datado dos Cultos Estelares. Entre as strega este seres são chamados de Grigori, particularmente para as bruxas tanárricas, que são conhecidas como "Bruxas das Estrelas". A Tanarra preservou os antigos Mistérios Estelares, e é através de seus ensinamentos que poderemos ter um entendimento melhor de quem os Guardiões/ Grigori realmente são.


Nos antigos Cultos Estelares da Pérsia haviam quatro estrelas "reais" (conhecidas como "Senhores") que eram chamados de Guardiões. Cada uma destas estrelas reinava sobre um ponto cardeal. A antiga forma ritual dos Guardiões é feita com a invocação no momento de fechar o círculo mágiko. Há uma ligação definitiva entre os "poderes" das bruxas e a "visão" dos Guardiões. Assumir a posição do Guardião é invocá-lo dentro de sua Psique.

A estrela Aldebaran, quando marcava o equinócio de Primavera, tinha a posição do Guardião do Leste; Regulus, marcando o solstício de verão, era o Guardião do Sul; Antares, marcando o equinócio de outono, era o Guardião do Oeste; Fomalhaut, marcando o solstício de inverno, era o Guardião do norte.

As torres foram construídas como símbolos dos Guardiões para que fosse feita sua adoração e também para propósito de invocação. Durante o "Rito de Chamada", estes símbolos eram traçados no ar, usando tochas ou as varinhas e os nomes secretos dos Guardiões eram chamados.

Na bruxaria italiana, estes seres antigos são Guardiões dos Planos Dimensionais, protetores do círculo mágiko e eram testemunhas dos ritos. Cada um dos Grigori tem uma "Torre de Observação" que é um portal marcando cada um dos quadrantes do círculo mágiko. No conhecimento das bruxas italianas as estrelas eram vistas como os campos das legiões dos Grigori. No mythos aridiano , eles eram os Guardiões das Quatro Entradas para os Reinos de Áster, que era o local da morada dos deuses na mitologia da stregaria.

Para que se realmente entenda os Grigori, precisamos olhar para seu papel na bruxaria como uma religião. Nosso primeiro encontro com eles é no momento de fechar o círculo para fazermos nossos ritos. Os Guardiões são chamados, ou invocados, para guardar o círculo e testemunhar o ritual.
User avatar
The Madame X
Member / Matriarch
 
Posts: 7268
Joined: Tue Feb 17, 2004 3:48 pm
Location: Portugal / NJ US

...

Postby Aradia » Mon Mar 09, 2009 11:43 pm

Nos primitivos cultos estelares da Mesopotamia,haviam 4 estrelas reais chamadas guardiões.Cada uma delas estava relacionada a um dos pontos cardeais comuns á astrologia.Este sistema especifico data de aproximadamente 3000 a.C.
Estrela Aldebarã,quando assinalava o equinócio vernal,era o guardião do leste(Alpena),;Regalus,marcando o solsticio de verão,era o guardião do sul(Settrano);Antares,assinalando o solsticio de inverno era o guardião do norte(Tago);.Construiram-se torres com os simbolos dos guardiães como forma de adoração e esses simbolos eram colocados nas torres com o propósito de evocação.As torres eram chamadas Zigurates ou montanhas cósmicas.
Em Aradia,Leland conta a estória dos filhos de Diana ou como as fadas nasceram,na qual ele afirma que Diana criou os grandes espiritos das estrelas.Tambem encontramos uma referencia a uma raça mais antiga:

(...)então,Diana foi aos Pais do inicio,ás Mães,os Espiritos que existiam antes do primeiro espirito,e lamentou a eles que não podia suplantar Diano.E eles a elogiaram por sua coragem;disseram-lhe que,para levantar,é preciso cair;para ser chefe das deusas,era preciso tornar-se mortal.

Na religião romana arcaica,os espiritos guardiães conhecidos por Lare eram adorados nas encruzilhadas,onde pequenas torres eram erguidas;colocava-se um altar em frente das torres e faziam-se oferendas aos Lare.Os Lare eram originalmente espiritos da natureza dos campos,derivados do espirito Lasa dos etruscos.Mais tarde eles se tornaram espiritos de demarcação, associados á proteção e aos ritos sazonais.

(Raven Grimassi / Bruxaria Hereditária /pág.252)

Isso foi escrito por Raven Grimassi ,alguem que respeito muito mas muitas das coisas escritas foram passadas por pessoas que viveram de perto com as stregas mas não eram parte de uma "familia"digamos assim.Nesse livro,que tem muito do que a Pietra escreveu,ele faz uma citação sobre os mitos da Vecchia Religione pois ele mesmo sendo da tradição de familia,diz que são mitos.Os nomes são verdadeiros,a relação com as estrelas tambem...mas não dessa forma.Infelizmente,as bruxas tradicionais stregues,não guardam nada em grimorios.Posso jurar sobre isso! Se necessitam faze-lo,usam um método como uma criptografia ,impossivel de ser entendido por alguem que não seja da "familia".
User avatar
Aradia
 
Posts: 417
Joined: Sun Jan 04, 2009 9:44 pm
Location: Brasil


Return to Artigos

Who is online

Users browsing this forum: No registered users and 1 guest

cron